terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Novas carteiras informatizadas dispõem de monitores touchscreen

Equipamento consome 88% menos energia que um computador comum.


141048


O Grupo Cequipel lança no mercado  duas novas versões de carterias informatizadas: Touch Desk e Desk Tablet.  O primeiro modelo possui novo design e monitor touchscreen, que, entre outras funções, permite escolher o uso ou não do mouse.O hardware utilizado tem tamanho e consumo reduzidos para evitar o aquecimento dos componentes internos. Já a carteira Desk Tablet está na mesma linha dos tablets, com tela única e multitouch, montada em estrutura com apoio triplo e regulagem de altura. Este produto está sendo utilizado como ferramenta educacional devido à alta capacidade de desempenho em aplicações de vídeo e processamento.

O equipamento consome 88% menos energia que um computador comum e opera interligado a um servidor de aplicações da internet. O programa permite que o professor coordene o conteúdo de acesso dos alunos na rede. "É o professor quem determina e libera o acesso ao uso da internet ou qualquer outro aplicativo, por exemplo. As características construtivas do produto preservam a interatividade entre o professor e aluno dentro da sala de aula", afirma Mauro Silva, gerente de tecnologia do Grupo Cequipel.

Um outro diferencial dos produtos da empresa paranaense é o fato de serem ergonomicamente corretos. "Todos eles são pensados de forma que o aluno possa sentar-se confortavelmente e em posição adequada, evitando assim problemas de coluna, visão ou lesões. Com as carteiras informatizadas, o aluno não precisa carregar um notebook, o que diminui o peso da mochila e evita a chance de danos ou roubos", conta o diretor comercial do Grupo, Maurício Oppitz.

Além de serem modernas, as carteiras trazem conforto aos portadores de necessidades especiais, pois possibilitam a fácil acomodação de cadeirantes, pessoas com paralisia cerebral ou dificuldade locomotora. Também existem teclados especiais para cegos e entrada para fones de ouvido, o que melhora o aprendizado também das pessoas com deficiência auditiva.

Mais de 1.200 escolas já utilizam a carteira ao redor do Brasil, oito países ainda estão em negociação. Na cidade de Arajuno, no Equador, por exemplo, as crianças de comunidades indígenas já usufruem da tecnologia de 32 carteiras Desk-One. Na cidade de Bogotá, capital da Colômbia, os alunos do colégio Liceo Americano também utilizam as carteiras informatizadas.

Fonte: Bem Paraná - O Portal Paranaense
Sessão: Tecnologia & Informática - Educação

Acesse o link direto da reportagem:

Nenhum comentário:

Postar um comentário